Por lugares incríveis (J. Niven)

Uma resenha de livro precisa falar sobre um livro e sua história. Mas Por Lugares Incríveis me fez pensar muito sobre várias histórias que já escutei por aí, principalmente sobre o tão falado assunto da Baleia Azul. Que poucos realmente conhecem, muitos tem preconceito e todos tem opinião. Então vou apresentar o livro da Jennifer … Continue lendo Por lugares incríveis (J. Niven)

Anúncios

Novo de novo

Eu senti que precisava voltar. Fazia tempos que pensava em retornar com o blog, simplesmente tem algo nesse mundo que me fascina, me completa. E precisava de um tempo meu, precisava escutar o tic tic do teclado, tentar organizar sentimentos em palavras e extravasar o que acumulava no peito. Sabe... eu acumulei muito nos últimos tempos. … Continue lendo Novo de novo

Quanto tempo se espera por alguém?

Eu te esperei. Esperei sua resposta, sua vontade ou qualquer indício de que aquela noite tinha sido especial pra você também. E quando você não me respondeu mais, não me ligou, nem perguntou de mim... eu desisti. Sua trouxa, isso é pra aprender a ser mais sensata, não se apaixonar tão facilmente e não se … Continue lendo Quanto tempo se espera por alguém?

Pelo poder de não expressão

Terça de manhã fiz meu ritual: acordei, coloquei música, arrumei o quarto, me troquei e fui tomar café com palavras cruzadas como adoçante. Meu pai veio me perguntar se eu tinha visto a foto que ele mandou no dia anterior e comentei que vi sim, estava linda, mamãe feliz toda trabalhada na pose né. Peguei minhas … Continue lendo Pelo poder de não expressão

Tonight, the foxes hunt the hounds

Are you ready for another bad poem? Estou vivendo uma crise. Pode ser da idade, dos acontecimentos ou simplesmente de uma tpm infinita, não sei. Não quero saber. Só gostaria de ter coragem de destrancar o portão e confrontar esse sentimento pesado que se instalou no meio do peito, ali, deitado confortavelmente na curva do … Continue lendo Tonight, the foxes hunt the hounds

Viagem ao centro da Terra (J. Verne)

Et quacumque viam dederit fortuna sequamur. Que cada um siga o caminho que sua fortuna lhe fornece. Eu nunca tinha lido Júlio Verne. Por ser um escritor que produziu grande parte da sua obra no final do século XIX, sempre achei que seria arcaico, com firulas demasiadas e um jeito de escrever que não fluiria. Logo, … Continue lendo Viagem ao centro da Terra (J. Verne)

Franny and Zooey (J.D. Salinger)

Mais uma vez me peguei agarrando um livro ao passar os olhos pelas estantes da livraria. Não consigo descrever o prazer que sinto em fazer isso. Assim como sinto prazer em ter uma boa conversa, tranquila, com quem quero conversar, com quem gosto de conversar. E esse livro é isso: uma boa conversa. Ás vezes … Continue lendo Franny and Zooey (J.D. Salinger)